segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Saiba quais os profissionais mais disputados em SP

Nem sempre é possível acertar na escolha de uma profissão. Logo, é interessante avaliar quais cursos estão disponíveis de acordo com a necessidade do mercado. Uma avaliação de quais os profissionais mais disputados pode gerar um emprego mais rápido e bons salários, em especial na cidade de São Paulo. Saiba mais!


São Paulo é carente de alguns profissionais

Quem diria que uma cidade tão gigante como São Paulo, capital de um dos Estados mais importantes do país tivesse carência de profissionais. Infelizmente é verdade. Dos 12,04 milhões de brasileiros vivendo por lá, estima-se um quarto com formação profissional. 

Para negócios e investir em comércio a capital paulista é uma da mais interessantes. Para educação e buscar vagas de emprego também. Um profissional com diploma de técnico ou graduação em áreas carentes pode conseguir empregos com salários quase três vezes maiores em comparação a outras capitais. 

Um dos problemas de São Paulo é o sub emprego. Muitos buscam vagas para retorno rápido e acabam abandonando a qualificação profissional. Isso deixa setores da indústria, comércio e até transporte com carência de mão de obra qualificada. 

Mesmo com muitas opções de certificação como no SENAC 2018 SP é preciso dedicar tempo ao estudo e também escolher o curso sem alta concorrência de profissionais. Vale uma pesquisa antecipada antes de buscar a formação profissional nos próximos meses. 

Quais os profissionais mais disputados em SP?

Para a sorte de alguns a maior parte dos profissionais chegando ao mercado paulista são de profissões convencionais. Algumas áreas estão tão acirradas na concorrência com vagas que os salários tendem a ser bem baixos. Outras não. Confira as áreas para vaga de emprego carentes a seguir. 

Analista de segurança da informação Com a quantidade de invasões a sites de empresas é preciso investir em segurança. São Paulo é uma cidade repleta de sede de e-commerces, lojas com cadastros de clientes e sistemas os quais se invadidos gerariam enormes estragos. Os profissionais da área por lá não estão dando conta do recado e os salários estão altíssimos. 

Programador Mobile (iOS e Android) Você já deve ter notado a quantidade de aplicativos novos todos os dias em seu smarthphone. O programador de jogos e sistemas da área ganha bem mas estudou muito para isso. São raros porque é preciso um curso específico de especialização após realizar formação em sistema da informação. 

Contador e economista As empresas finalmente se renderam à necessidade de ter um profissional da área financeira em seu grupo de gestão. Infelizmente poucos se candidatam até mesmo a fazer o curso, sobrando vagas em cursos técnicos ou universidades para graduação. Toda empresa necessita de um contador que ainda pode aumentar seus ganhos prestando consultoria. O economista segue a mesma linha de necessidade do mercado. 

Engenheiros Um dos motivos da carência de formados na área pela dificuldade do curso. Os salários comparados a concursados de grandes órgãos são bem maiores e ainda há vagas e disputa por profissionais. 

Atendentes poliglotas Há quem não acredite na quantidade de pessoas com o domínio de mais de um idioma. Há muitos cursos de inglês disponíveis e poucos querem se dedicar. O turismo em São Paulo é uma das áreas mais carentes de profissionais com domínio de dois idiomas, assim como o comércio e empresas com negócios no exterior. 

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Cursos gratuitos online para aprender edição de videos

Editar vídeos já foi um serviço exclusivo para profissionais da área. Com bons programas e as instruções corretas é possível fazer um trabalho tão bom como se tivesse feito um curso de áudio e vídeo. Aprender online é fácil com cursos gratuitos. Saiba mais!


Dicas de cursos gratuitos online para editar vídeos

Há muitas opções boas de fáceis de como aprender a editar vídeos de forma simples. Podem ser gravados de celular, câmera fotográfica ou outra fonte, desde que estejam todos em seu computador. Algumas sugestões de cursos gratuitos são:
Fazer Cursos Online

Clicando aqui você é direcionado direto para a página do curso. O site é focado apenas em cursos gratuitos com opções de diversificadas áreas de conhecimento. Ao longo das 85 aulas gravadas é possível aprender a usar muitos programas disponíveis para download gratuito como o Windows Movie Maker. 

IPED

A plataforma online oferece muitos cursos livres, sem necessidade de pagar mensalidade mas sem certificado válido como graduação ou técnico. Dentre os temas está fotografia e vídeo, com destaque para um curso que poucas escolas oferecem tão focado: fotojornalismo. 

Beved

formato ead do curso permite ao aluno aprender sem sair de casa com professores gravando vídeos bem instrutivos. As aulas ficam disponíveis aqui e o aluno precisa se inscrever antes para ter acesso ao material.  O conteúdo programático é focado na edição de vídeos apenas usando o programa da Adobe, o qual pode ser adquirido gratuitamente online. Para quem quer continuar os estudos há a versão intermediária e avançada. 

Cursos grátis online

O site oferece muitos cursos grátis para formação profissional ou complementar o currículo. Uma opção é o curso de edição de vídeo gratuito focado em quem quer fazer pequenas apresentações para redes sociais. As vídeo aulas permitem aprender a como colocar fundo musical e mexer com transições em cortes.  Também é possível aprender a criar um roteiro em imagens para quem quer ser um produtor artístico e trabalhar na área. 

Casal Como Fazer

Quem adora as vídeo aulas do Youtube vai curtir mais um canal para adquirir conhecimento. Você acessa todas as aulas e pode seguir o passo a passo diretamente na tela. A dica é baixar os mesmos programas sugeridos nos vídeos para poder acompanhar em tempo real. 

Por que aprender a editar vídeos?

Talvez você não se interesse por agora em um curso gratuito para editar vídeos mas vale a pena pensar no assunto. Filmagens aleatórias não são bacanas. Quando editadas são mais legais de assistir e ainda atraem público. 

Saber editar vídeos serve para criar uma boa recordação de um evento. Pode também servir como apresentação para o trabalho, acessório visual de uma palestra ou material de sala de aula para professores e chefes de equipe. Também é uma boa dica para usar em festas de aniversário e casamentos e até cobrar para criar alguns para amigos.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Trocar o carro pela bicicleta? Quando vale a pena?

Com o combustível mais caro e um trânsito intenso e caótico, é comum pensar em trocar o carro pela bicicleta. Vale a pena? Para muitas pessoas pode ser uma boa saída econômica. Mas nem todos os casos são válidos. Avalie a seguir com mais informações.




Bicicleta ou carro, eis a questão

A mídia anda se voltando para uma questão importante ultimamente: o excesso de carros e motos nas ruas. Isso significa mais poluição sonora e do ar, mais trânsito, mais tempo para chegar em casa com engarramento e em muitos casos mais risco de assalto. 




A bicicleta vem para se tornar uma alternativa verde muito interessante. Ela usa força humana e com isso incentiva a prática de exercícios, além de não poluir o ambiente. Há muitos pontos positivos em um meio de transporte que existe há muito mais tempo. 

Andar de bike possui muitos pontos positivos

A bicicleta sempre foi um grande companheiro do homem para encurtar distâncias ao longo de anos. Hoje ela volta a ficar na moda e a gente sabe porque: vai muito além de um transporte sob rodas. 

A energia limpa do veículo faz muitas empresas e órgãos públicos incentivarem sem uso. Mas o maior motivador mesmo é não usar combustível. É apenas a energia humana a responsável pela movimentação. Quais mais rápido pedalar (e ainda malhar pernas) mais rápido deve chegar ao destino final. 

Não dá para esquecer o uso de combustível, em especial com os recentes aumentos. A bicicleta pode fazer o mesmo percurso em pouco tempo, sem parar em todos os sinais e muito mais em conta. Manutenção de bike também é bem mais barata.

Quem não pensou apenas na economia pode começar a repensar seu carro. Há impostos e taxas a serem pagas para ter um carro na garagem. Moradores das terras cariocas pagam o IPVA RJ entre os mais caros do Brasil. E é um gasto fixo, anual. 

Em alguns momentos o carro é melhor

Em contrapartida nem sempre é bacana dar preferência a uma bike ou depender apenas deste meio de transporte. Um dos maiores problemas é a facilidade do furto. Leve, portátil e segura em estacionamento apenas com um cadeado, a quantidade de furtos é enorme. 




Nem todo dia é bacana andar de bike. Cidades com inverno chuvoso vão tornar o dia do amante da pedalada um terror. Não adianta uma capa, é chuva intensa e molhando o sapato. 

A atenção deve ser redobrada nas ruas. Nem todo motorista respeita a bicicleta. Em muitas cidades não há a faixa exclusiva e isso pode ser um problema. Deve-se tentar diminuir os danos com sinalização do próprio pedaleiro, por exemplo. 

Quem mora muito longe do trabalho e quer usar o veículo de duas rodas como meio principal de transporte também deve repensar a ideia. O desgaste físico sem uma preparação com treino de força pode causar lesões graves. 

Também não é dos veículos mais rápidos em caso de atrasos ou a necessidade de voltar para casa mais cedo. Deve-se contar o cansaço físico também.